Curiosidades sobre as maiores árvores de Natal pelo mundo



Veja algumas curiosidades sobre as maiores árvores de Natal pelo mundo

Todo ano, em dezembro, as árvores de Natal tomam conta das cidades, das casas e até dos centros comerciais, e são árvores de todos os tipos: pinheirinhos de verdade, artificiais e até mesmo uma junção de objetos que criam a forma triangular dos pinheiros. Cidades pelo mundo criam árvores de Natal gigantescas com muitas luzes e enfeites. Hoje, veremos algumas curiosidades sobre elas.

Árvore flutuante no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro já foi palco da maior árvore de Natal flutuante do mundo. Localizada na Lagoa Rodrigo de Freitas, ela possui mais de 70 metros de altura e é enfeitada com o brilho de 900 mil lâmpadas coloridas de led.

Uma árvore de Natal de verdade em Nova York

A árvore de Natal montada no Rockefeller Center é um clássico de Nova York, sendo colocada no mesmo lugar desde 1933. É um dos símbolos de Natal mais conhecidos do mundo. É aos pés dela, por exemplo, que o personagem de Macaulay Culkin reencontra a mãe no clássico natalino “Esqueceram de Mim 2”.

O interessante sobre esta árvore é que se trata de uma árvore de verdade, geralmente com cerca de 30 metros de altura. Há uma pessoa responsável em procurar enormes pinheiros durante todo o ano em cidades como Connecticut, Vermont, Ohio, Nova York e New Jersey. Assim que a árvore é escolhida, ela é transportada para o Rockefeller Center por meio de um guindaste.

Desde 2007, a instalação da famosa árvore toma medidas mais sustentáveis com luzes em LED alimentadas por painéis solares. Inclusive, clique aqui se você quiser saber como economizar energia na sua casa durante o Natal. 🙂

A maior árvore de Natal do mundo

Reconhecida desde 1991 pelo Guinness Book of Records como a maior árvore de Natal do mundo, a árvore de Natal da cidade de Gubbio, aos pés do Monte Ingino, no centro da Itália, leva cerca de quatro meses para ser montada. 

A árvore natalina possui 750 metros de altura, 350 metros de largura e se estende por uma área que corresponde a pouco menos de 30 campos de futebol. Só a estrela cadente, localizada no topo, tem cerca de mil metros. Os 950 pontos de iluminação estão ligados a 7.500 metros de cabos elétricos ligados a 1.350 plugues. Toda a árvore é alimentada por luzes de baixo consumo que usam apenas 35 Kw. Ao todo, são 250 luzes amarelas utilizadas no topo, 300 para criar a imagem da árvore e 400 coloridas para preencher a decoração. Por falar em tanta luz, você sabe como funciona o pisca-pisca?

Criatividade e sustentabilidade em árvores de Natal

Não podemos deixar de falar sobre a grandiosidade das ideias espalhadas pelo mundo. Existem árvores de Natal feitas de pneus, garrafas pets, caixotes de madeira e diversos outros materiais reutilizados. Veja alguns exemplos:

A árvore abaixo possui 21 metros de altura e foi instalada em Salvador, Bahia. A novidade é que ela foi construída com 22 mil garrafas pet. Foi usada uma série de lacres para prender um recipiente ao outro. As bolas coloridas foram feitas com tesouras e tintas. 

Esta outra, em Lismore, na Austrália, mede 5,5 metros e foi feita com cerca de 150 pneus, 100 tampas, 120 garrafas pet (para formar a estrela), latas de alumínio e 40 lâmpadas antigas da pista do Aeroporto Lismore.

Lindíssimas, não é mesmo? A tradição de árvores de Natal vive há muitos anos, e amamos ver a evolução de um dos símbolos mais populares das celebrações natalinas. Você é do time das árvores gigantescas ou prefere algo mais basiquinho?

Continue no blog e leia também sobre as maiores rodas-gigantes do mundo.

Posts Relacionados