werner-01

Projeto Histórias da Indústria, da FIESC, conta a trajetória de Werner Ricardo Voigt



Voigt juntamente com Eggon João da Silva e Geraldo Werninghaus fundaram a WEG, uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos do mundo.

A nova edição do programa Histórias da Indústria, da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), conta a trajetória do empreendedor Werner Ricardo Voigt, um dos fundadores da WEG, de Jaraguá do Sul. O audiovisual, produzido pela TV Indústria SC, foi lançado na reunião de diretoria da Federação, na sexta sexta-feira (26).

Voigt acompanhou a reunião por videoconferência. “Cliente quer qualidade e preço. Essa é a nossa filosofia”, afirmou, destacando que antes de receber o reconhecimento da FIESC analisava o balanço financeiro da empresa. “Agradeço a homenagem e espero continuar mais tempo aqui”, afirmou o industrial.

“A homenagem, de fato, é o senhor que nos concede ao aceitar participar do nosso programa. É a história viva da indústria catarinense. Esperamos que o senhor tenha vida longa para ser exemplo de força e de determinação do empresário industrial de Santa Catarina”, afirmou o presidente da FIESC, Glauco José Côrte.

Desde menino, Voigt sempre soube que fios, dínamos, geradores e bobinas fariam parte de sua vida. Natural de Schroeder, Werner Ricardo Voigt foi na adolescência para Joinville, onde estudou no SENAI e adquiriu experiência trabalhando na oficina Werner Strohmeyer. O catarinense sempre teve a eletricidade como sua maior paixão. E em 16 de setembro de 1961 seu sonho se tornou realidade ao fundar ao lado do administrador, Eggon João da Silva, e do mecânico, Geraldo Werninghaus, a Eletromotores WEG. O nome é a junção das iniciais dos três fundadores.

A empresa tornou-se uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos do mundo, e atua nas áreas de comando e proteção, variação de velocidade, automação de processos industriais, geração e distribuição de energia e tintas e vernizes industriais. No Brasil, o grupo tem a sede e principais unidades industriais em Jaraguá do Sul. As demais fábricas estão localizadas no Rio Grande do Sul, São Paulo, Amazonas e Espírito Santo. No exterior, a WEG também possui unidades na Argentina, México, Estados Unidos, Áustria, Portugal, África do Sul, China e Índia.

Aos 85 anos, Voigt relata no vídeo que não pensa em se aposentar e que ainda visita a fábrica e sugere melhorias em processos e produtos da empresa.

Confira o vídeo em: http://migre.me/t9Qym

 

Assessoria de Imprensa

Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina