Tag: luzes de natal

Pisca-pisca

Como funciona um pisca-pisca, o que faz ele piscar?

Existem dois tipos principais: os pisca-piscas com ligação em série e os com ligação em paralelo. Vamos conhecer?

O pisca-pisca é um item que se tornou indispensável na decoração de Natal, suas luzes e efeitos colorem e iluminam as cidades durante todo o final de ano. Com a produção em larga escala e o desenvolvimento da tecnologia, elas se tornaram populares e mais baratas, resultando em uma invasão de pisca-piscas. Mas o que vamos falar hoje é sobre o seu funcionamento: como todas as luzes acendem? Como elas piscam? O segredo é relativamente simples e existem dois tipos principais: os pisca-piscas com ligação em série e os com ligação em paralelo. Vamos conhecer?

 

Pisca-pisca com funcionamento sem série

Neste tipo de pisca-pisca as lâmpadas são ligadas a fonte de energia uma após a outra, dessa forma a corrente elétrica sai de um dos pólos, vai passando por todas as lâmpadas e entra no outro pólo, tendo um único caminho a seguir. Nesse caso a corrente passa com a mesma intensidade por todas as lâmpadas, uma vez que há um fluxo contínuo de elétrons através de todos os elementos do circuito, fazendo com que o brilho tenha a mesma força e todas as luzinhas funcionem juntas — estando todas acesas ou todas apagadas. O segredo para fazer as lâmpadas piscarem é um sistema interruptor que abre e fecha o circuito, ele permite e também interrompe a passagem da corrente.

E se uma das lâmpadas queima? Bem, nesse tipo de circuito todas as outras lâmpadas também se apagam, uma vez que todo o circuito é interrompido. Aliás, quando isso acontece, se não for possível identificar a lâmpada queimada visualmente, é necessário testar uma a uma, trocando a lâmpada atual por outra seguramente em funcionamento, até descobrir qual “pifou”.

luzes

Nos pisca-piscas com funcionamento em série, se uma lâmpadas queima, todas as outras também se apagam

 

Pisca-pisca com funcionamento em paralelo

Esse tipo de pisca-pisca apresenta uma vantagem imediata, nele, as lâmpadas estão ligadas separadamente a fonte. Dessa maneira, se uma das luzes queima, as outras continuam ligadas, submetidas à mesma tensão, e portanto funcionando. Um simples interruptor controla o piscar do circuito como um todo, mas é possível chavear cada uma das lâmpadas, que pode ligar ou desligar independente das outras.

Para esse controle separado das lâmpadas é necessário um circuito eletrônico, geralmente baseado em um chip capaz de controlar a passagem da corrente por diversos canais, fazendo a alternância entre o sistema ligado e desligado. O chip controla qual canal terá energia elétrica e, portanto, qual cor de lâmpada será acesa num dado momento. Por exemplo, imaginemos um chip que controla 3 canais de energia e que cada um é ligado a uma cor de lâmpadas, azul, vermelha e amarela, o chip libera a passagem de energia em cada canal em separado de forma que as 3 cores acendem de maneira independente umas das outras. O controle vai além da simples alternância de cores, o tempo que cada uma fica acesa, a frequência, sequência e forma de pisque também podem ser alterados. Além disso, um chip com mais canais pode ser utilizado para controlar cada uma das lâmpadas separadamente.

pisca-pisca-colorido

Nos pisca-piscas com funcionamento em paralelo, se uma lâmpadas queima, as outras continuam funcionando

 

Você já tinha parado para pensar  no funcionamento das belíssimas luzes natalinas? Agora que você já conhece os dois principais tipos de pisca-piscas e como eles funcionam, que tal ler este artigo sobre como economizar energia e evitar acidentes com as luzes de Natal? Aproveite! Boas festas!

Luzes

Luzes de Natal: como economizar energia e evitar acidentes

Um dos enfeites favoritos desta época do ano, sem dúvidas, são as luzes de Natal. Elas iluminam as ruas, casas…

Um dos enfeites favoritos desta época do ano, sem dúvidas, são as luzes de Natal. Elas iluminam as ruas, casas e empresas e ajudam a trazer à tona toda a magia que acompanha a época do ano. Mas, você conhece as diferenças entre os pisca-piscas de Natal e quais são as recomendações para evitar superaquecimento e curto-circuitos?

Para economizar na conta de luz você não precisa deixar de lado as luzinhas, basta seguir algumas dicas e soltar sua imaginação! O principal segredo é optar por pisca-piscas com lâmpadas de LED. A diferença entre as lâmpadas convencionais é muito grande, enquanto as luzinhas de LED possuem potência média de 5W, as convencionais possuem em média 35W. Ou seja, o consumo das lâmpadas de LED chega a ser 10 vezes menor. Elas podem ser um pouquinho mais caras, mas duram até 6 vezes mais. Então compensa, né?!

Outras dicas são observar na embalagem a potência, a voltagem (100V ou 220V) e também se o plugue da conexão tem o selo do Inmetro.

Segurança

● Cuidado ao subir em estruturas como escadas ou usar ferramentas com hastes metálicas durante a decoração, pois, o contato acidental com a rede elétrica pode provocar choques;
● Não utilize postes e fiações para apoiar a iluminação;
● Não utilize benjamins, nem sobrecarregue o circuito da tomada. Isso pode superaquecer os fios e causar incêndios ou curtos-circuitos;
● Não faça emendas nos fios dos pisca-piscas;
● Evite contato das lâmpadas com objetos e enfeites que podem ser inflamáveis ou metalizados;
● Mantenha a árvore natalina distante de objetos que possam pegar fogo, como cortinas, lareiras ou outras fontes de calor;
● Não feche portas e janelas sobre a fiação.

Agora que você já sabe como economizar energia e evitar acidentes, que tal se inspirar um pouquinho? A WEG também ama decoração natalina, e todos os anos os departamentos são iluminados e decoradas de forma criativa, reutilizando materiais. Dê uma olhadinha!

Metalúrgico III IV

Departamento Metalúrgico III e IV

Usinagem Fundidos A 4

Departamento de Usinagem e Fundidos A4

Departamento ASTEC WAU

Departamento ASTEC WAU

Departamento Montagem WEN

Departamento Montagem WEN

 

Nem só de luz: decoração natalina nas fábricas WEG são feitas com reutilização de materiais. Gostou? Essa é uma ótima época do ano para soltar a criatividade e preparar a casa para as festas de fim de ano, e lembre-se: tudo pode ser feito com responsabilidade, segurança e baixo custo! :)