Tag: crianças

Capacitação

Programa de Capacitação para Professores

Queremos convidar os professores do ensino fundamental e médio das redes municipais, estaduais e particulares a se prepararem para esta experiência.

O início do ano letivo começou e já é hora de preparar as aulas! E, como vocês sabem, nós adoramos receber turmas de alunos por aqui. Por isso, queremos convidar os professores do ensino fundamental e médio das redes municipais, estaduais e particulares a se prepararem para esta experiência.

O Museu WEG de Ciência e Tecnologia sempre realizou visitas guiadas para grupos, sendo em sua maioria grupos escolares e, desde 2014, passou a desenvolver e aplicar ações educativas voltada às escolas, com temáticas, programação e conteúdos específicos, a fim de dinamizar o processo de comunicação dos espaços do museu, tornando estas ações em ferramentas educacionais e melhorando a comunicação entre museu e escola.

Pensando em capacitar professores para o melhor aproveitamento das ações educativas do museu, foi criado o Programa de Capacitação para Professores. O programa oportuniza o professor a conhecer a exposição previamente e as ações desenvolvidas no museu, descobrindo os potenciais do espaço para tornar este momento uma extensão da sala de aula.

Do mesmo modo, o Programa engaja o professor para que dê continuidade sobre a temática trabalhada em sala de aula e o responsabiliza em orientar o aluno para que ele aprenda de uma maneira mais autônoma e construa a sua experiência e o seu conhecimento durante a visita, aproximando-o da realidade e criando conexões.

O Programa de Capacitação para Professores acontece no Museu WEG, possui 3 horas de duração e será no dia 18 de março, segunda-feira, em dois horários: a primeira turma às 13h30 e a segunda turma às 18h30. Haverá entrega de certificado de participação.

Inscrições:

De 12/02 a 12/03, via Google Docs: https://goo.gl/forms/0kdw58tKTQ2h7NYv1

Qualquer dúvida, entre em contato pelo telefone: 3276-4550

A capacitação será realizada em dois períodos, sendo um a tarde e outro a noite, o professor poderá escolher qual período quer participar no link da inscrição. Professores já capacitados podem realizar uma nova capacitação, pois haverá novidades na programação.

Mas atenção: os agendamentos de visitas ao museu para o decorrer de 2019, deverão ser feitos a partir do dia 19/03!

Esperamos vocês! =)

Brincadeiras

Brincadeiras educativas para as férias

Férias também é tempo de aprender!

Férias também é tempo de aprender! Brincar é uma atividade essencial para as crianças. A partir das brincadeiras, elas constroem seu conhecimento sobre o mundo, aprendem a se relacionar e experimentam novas sensações. Abaixo você encontra algumas dicas para preencher o tempo das férias com atividades para os pequenos aprenderem enquanto se divertem!

 

Terrário – um pequeno jardim particular

Construir um terrário é uma oportunidade muito divertida de explicar um ecossistema para os pequenos. As pequenas plantas ganham vida dentro de um recipiente transparente, normalmente de vidro. Mexer com terra e plantas é sempre divertido e uma forma de deixar as crianças em contato com a natureza.

Modelo de Terrários

Materiais

Materiais necessários:

– Recipiente de vidro (um pote de geleia, por exemplo)

– Pedrinhas pequenas

– Carvão ativado

– Terra

– Musgo ou outras plantas pequenas como carpete-dourado, aortia, orelha-de-gato, planta-pérola e echevéria.

– Colher de plástico para improvisar uma pequena pá

Modo de fazer:

  1. Adicionar as pedrinhas primeiro, para criar um sistema de drenagem.
  2. Faça uma camada fina de carvão ativado. Ele vai ajudar a manter a água fresca e prevenir o mofo.
  3. Adicione uma camada de terra.
  4. Use a colher para cavar pequenos buracos e posicione suas plantas no terrário.

Para entender melhor o processo de montagem de um terrário, veja esse vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=7FtLxaJZkaU

 

Bolha de sabão gigante – hipnotizante!

Materiais necessários:

– 7 copos de água

– 1 copo de detergente de cozinha

– 2 colheres de sopa de açúcar (ou 1 colher de sopa de mel)

 

Modo de fazer:

Misture tudo com delicadeza, para não criar muita espuma. Para espalhar bolhas gigantes pelo ar, você vai precisar de um instrumento especial, feito com varetas e barbantes. Veja como confeccioná-lo:

Fonte: www.marisol.com.br

Fonte: www.marisol.com.br

 

Museu da Natureza – o que será que você encontra?

 Organizar e catalogar os elementos que você conhece é um jeito bastante eficiente de organizar seu próprio conhecimento em relação a eles. Os primeiros museus funcionavam mais ou menos assim: algumas pessoas com espírito científico colecionavam pedras, conchas, fósseis e plantas, organizavam esses elementos em suas casas e agendavam visitas para que outras pessoas pudessem conhecer essas maravilhas da natureza.

capa

Música e Qualidade de Vida

A Música apresenta uma grande influência na qualidade de vida das pessoas e possui condições suficientes para ser um instrumento terapêutico, no que diz respeito ao alívio das tensões.

Os conflitos do dia-a-dia, assim como o “stress” colaboram para que o indivíduo se torne cada vez mais afastado de si e longe de seu referencial enquanto pessoa. Sob o ponto de vista de que educação é um processo que modifica o indivíduo, a música pode ser um referencial positivo para tal afirmação.

Escutar um som é educar-se, é escutar-se por dentro. Neste caso, a música não pode ser vista como uma substância ou matéria, mas como um instrumento provocador de mudança. Ouvir com o corpo, com a alma, é mudar, é reconstruir novas ideias, novos pensamentos. Sendo assim, um ponto de partida para promover saúde mental na sua totalidade.

A música é antiga, como a humanidade, ela sempre ocupou um lugar de destaque entre os povos, pois sua linguagem é universal. Seu valor é imensurável, atua como um feitiço, pois possui um efeito que desperta os mais nobres sentimentos até o desencadeamento dos mais baixos instintos. Possui características próprias. Pode ao mesmo tempo exteriorizar o júbilo; a tristeza; o amor; a crença e a vontade. Música é vida, é emoção; é movimento, é sentimento, é mudança.

Não existe sequer uma partícula da essência do ser humano ou da vida, que escape da influência da música. O Cosmos e a natureza estão cheios de sons, para serem ouvidos e explorados.

Todos os seres humanos nascem com capacidade musical, voz e ouvido e cada um a utiliza conforme seu temperamento, educação, cultura, raça e época.

A música também funciona como instrumento para promover saúde mental, pois atua diretamente no sistema nervoso, a energia advinda dela e a força vibratória do som, podem provocar respostas psicológicas satisfatórias para estabelecer um ambiente propício facilitando o processo curativo e bem estar.

No passado, os gregos descobriram este caminho, através de civilizações anteriores, utilizavam a música como tratamento, era uma espécie de remédio para a alma, criam que tocando a alma com o som, o corpo era livre das doenças.

Hoje havendo passado milhares de anos a teoria fortificou-se ainda mais, estudos incansáveis, conseguiram provar que os gregos estavam certos. A música pode ser aplicada para ação terapêutica.

Nos Estados Unidos o centro médico Kaiser utiliza a música como tranqüilizante, os pacientes ouvem, selecionam as músicas clássicas e atingem um grau de relaxamento. Em vários relatos destes médicos e enfermeiras, vítimas de derrame. Eles conseguiram recuperar a fala. A música reduz o “stress” e traz uma profunda calma ao espírito.

A musicoterapia trouxe uma grande contribuição para esta área. Os profissionais utilizam especialidades tais como a música, o som, o silêncio, os instrumentos musicais para provocar respostas positivas. O profissional musicoterapeuta intui, propõe, intervém, instala modelos, acompanha o indivíduo a cada momento.

A música tem como finalidade, provocar idéias e pensamentos novos, aumentar a memória, reduzir o “stress” e melhorar a qualidade de vida.

 

A relação da WEG com a música

 

Dia 01 de outubro comemorou-se o dia da Música e dia 22 de novembro é o dia do Músico e estamos aqui, para incentiva-lo a buscar a música como instrumento para a qualidade de vida e bem estar, a WEG patrocina alguns projetos de música na cidade de Jaraguá do Sul através da Lei Rouanet de Incentivo a Cultura, os projetos se entrelaçam passando a ser uma grande escola musical.

Projeto Música para Todos (MPT) – SCAR

Poderia ser apenas um projeto de formação musical. Mas o MPT é muito mais: um projeto social capaz de mudar a vida de seus participantes para melhor. O projeto Música para Todos (MPT) é um processo de educação musical abrangente, que promove a formação de crianças, jovens e adultos. Em atividade desde 2003, o MPT alia tradição e reconhecimento, já tendo formado mais de 3 mil alunos. Crianças, jovens e adultos aprendem música de forma gratuita em mais de 20 instrumentos, além de receber aulas de educação musical, canto coral e prática de conjunto, num sistema de ensino eficaz e completo para a educação artística de novos talentos. A seleção abre no início do ano e toda a comunidade pode participar.

Orquestra Jovem – SCAR

Estudantes de música de Jaraguá do Sul e região reúnem seus talentos em uma só orquestra, ganhando experiência ao mesmo tempo em que levam sua arte para a comunidade. Na Orquestra Jovem da SCAR, 40 músicos se preparam para os desafios profissionais da música, capacitando-se para ingressar em universidades, conservatórios e grandes orquestras.

Orquestra Filarmônica – SCAR

Composta por 40 músicos com ampla experiência, a Orquestra Filarmônica da SCAR tem se estabelecido como uma das mais atuantes orquestras catarinenses. Seus projetos de circulação têm percorrido o estado formando plateias, estimulando a carreira dos músicos participantes e encorajando a formação de novos artistas. Com concertos que combinam repertório erudito e popular, a Orquestra Filarmônica da SCAR populariza o gênero e preserva a música ativa na região.

FEMUSC – Instituto FEMUSC

O Festival de Música de Santa Catarina, também conhecido como Femusc, é o maior festival-escola não competitivo do Brasil, realizado anualmente na cidade de Jaraguá do Sul. Reúne músicos profissionais e estudantes, que dividem a sala de aula em formações específicas para instrumentos musicais, regência, bandas e outras combinações, e compartilham o palco em grandes apresentações abertas ao público, com entrada franca. Ao longo da programação, que costuma contar com duas semanas ininterruptas, o público é convidado a interagir com os músicos, provindos de mais de 15 países, seja durante as apresentações, que transcendem os teatros e casas especializadas e chegam a igrejas, escolas e entidades comunitárias em toda a região de Jaraguá do Sul, seja ao longo dos dias de convivência, em que os músicos circulam pela cidade e conhecem as atrações turísticas do Vale do Itapocu.

imagem

 

Fonte: pesquisa de Ana Lúcia Feitosa Belem, 2002 pela Universidade Cândido Mendes, Rio de Janeiro/RJ

colorir

Colorir e aprender: ação especial de Dia das Crianças

Outubro é o mês das crianças e, durante todo o mês, queremos ampliar o acesso à cultura e visibilidade dos museus mostrando para crianças e educadores que aprender e ensinar pode ser muito divertido.

Além das funções de preservar, conservar, expor e pesquisar, os museus são instituições a serviço da sociedade e cada vez mais buscam criar ações educativas a fim de tornarem-se elementos procurados dentro do movimento cultural das cidades.

As sessões interativas de educação estão entre as formas mais poderosas e eficazes de atender às necessidades das crianças, um público nem tão tradicional nos museus. As atividades interativas permitem aos pequenos visitantes um olhar interrogador, sem necessidade de conhecimento prévio. As conversas são estimuladas, e o museu também atua como um espelho, fazendo conexões entre as suas próprias vidas e experiências no âmbito físico, intelectual, emocional e tecnológico.

 “Quando o tema é aprendizagem de assuntos relacionados a ciência e tecnologia, os museus desempenham um papel tão importante quanto as escolas.”

 John H. Falk – Institute for Learning Innovation

A escola e a família possuem um papel muito importante para diminuir as barreiras de acesso aos museus, por meio do incentivo à visitação, traremos mais crianças e adolescentes para utilizarem nosso espaço para reflexão, entretenimento e aprendizagem.

 Ao visitarem o Museu WEG, as crianças passam por experiências interativas e desenvolvem a curiosidade pela pesquisa, ciência e tecnologia.  A história e a teoria, desde cedo e de forma simples, entram no cotidiano das crianças e às convidam para encontrar novas razões para o envolvimento com os estudos.

 ***

Para homenagear as crianças da nossa cidade, neste mês os pequenos visitantes poderão participar de uma atividade de pintura em um espaço com mesas, lápis de cor e um desenho super divertido para colorir. Os desenhos deverão ser coloridos e preenchidos com nome e contato, eles ficarão em exposição no Museu até o dia 31 de outubro, neste dia haverá sorteio de brindes entre os participantes. Se a visita for rápida, as crianças poderão levar o desenho para casa e trazê-lo outro dia, até o fim do mês.

Todos os desenhos estarão concorrendo a brindes, sem exclusões. Os ganhadores do sorteio serão divulgados em nossa página do Facebook.

Modelo do desenho para colorir

Modelo do desenho para colorir

O quê? Dia das Crianças no Museu WEG

Quando? De 03 a 31 de outubro

Para quem? Crianças (sem limite de idade)

Onde? Museu WEG de Ciência e Tecnologia

Quanto? Gratuito