Categoria: Ciência

museus-1

Conheça museus que fomentam a Ciência e Tecnologia pelo Brasil

Assim como o Museu WEG, o Brasil conta com diversas outras iniciativas, privadas e públicas, para registrar a história e…

Assim como o Museu WEG, o Brasil conta com diversas outras iniciativas, privadas e públicas, para registrar a história e fomentar a ciência e tecnologia em diferentes espaços. Por acreditar que o intercâmbio, a troca de conhecimento e o aprendizado contribui para o enriquecimento cultural e científico, apresentamos aqui outros museus no país que tem a interatividade como um dos seus pontos fortes e, acima de tudo, a ciência e tecnologia no seu DNA.

Museu de Ciência e Tecnologia (MCT) – PUCRS 

museus-2

 

Suas coleções abrigam um vasto acervo de fósseis, espécimes representantes da biodiversidade e peças provenientes de escavações arqueológicas, que são objetos de pesquisa de mestrandos e doutorandos de várias partes do mundo.
As exposições no museu gaúcho são elaboradas para despertar a curiosidade e o gosto pelas ciências, valorizando a participação do visitante com experiências lúdicas e inusitadas. São cerca de 700 experimentos interativos, em 22 áreas do conhecimento.

Os eventos e atividades também são outro atrativo para públicos distintos, como Férias no Museu, Aniversário genial, Minuto da Ciência e show de eletrostática.

Catavento Cultural e Educacional

museus-3

Tocar um meteorito de verdade, encontrar Gandhi em uma escalada, conhecer o corpo humano por dentro, entender como funciona um gerador de energia ou ainda descobrir que o Sol, visto de perto, não é tão redondo como parece quando se está na praia. São estas algumas das experiências proporcionadas no Catavento Cultural.

O museu fica em São Paulo e, dividido entre os eixos Universo, Vida, Engenho e Sociedade, tem como atrações o miniplanetário, o passeio digital, a seção de eletromagnetismo e o aquário com peixes de água salgada.

Museu de Astronomia e Ciências Afins – MAST

museus

Uma iniciativa pública, vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, o MAST tem sua sede na cidade do Rio de Janeiro. É o lugar ideal para quem se interessa pelo espaço sideral e seus elementos: estrelas, planetas e cometas.

O acervo do MAST conta com aparelhos usados pelo Observatório Nacional (ON) para a observação da luz dos astros, como diversos tipos de luneta. No Programa de Observação do Céu, o público pode fazer visitas noturnas para enxergar através de telescópios, binóculos e até por uma luneta centenária.

Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas

museus

No prédio da primeira instituição brasileira a formar geólogos, em Ouro Preto, funciona o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas. Nele, o visitante pode conferir de perto fósseis e esqueletos de animais atuais, como porco, golfinho e ornitorrinco.

Um dos destaques é a sala de mineralogia, onde estão expostas rochas e minerais do mundo inteiro. O passeio termina em uma sala onde crianças e adultos podem se divertir com experimentos científicos de eletricidade, cinética e ótica.

A diversidade do nosso país se reflete na composição e na diversidade dos acervos museológicos. Anote essas indicações e, quando visitar alguma dessas cidades, aproveite para se divertir ao mesmo tempo em que aprende sobre ciência e tecnologia.

ondas sonoras

Por que o som não se propaga no espaço?

Você já ouviu alguém dizer que se houvesse uma explosão no espaço ela seria silenciosa? Pois é, o som não…

Você já ouviu alguém dizer que se houvesse uma explosão no espaço ela seria silenciosa? Pois é, o som não se propaga no espaço. E você sabe por quê? Vamos relembrar o que são as ondas sonoras para descobrir.

De forma resumida, uma onda é uma oscilação ou perturbação que se propaga no espaço, mas sem transporte de matéria. Só que nem todas as ondas são iguais, elas podem ser do tipo mecânica ou eletromagnética.

ondas sonoras

Ondas mecânicas

As ondas mecânicas precisam de um meio de propagação material, ou seja, precisam de um sólido, líquido ou gás para se movimentar. Ondas em cordas, ondas do mar e as ondas sonoras, que são o nosso tema central, são alguns exemplos clássicos.

Elas se propagam mais rapidamente em sólidos do que em líquidos. Isso porque essa propagação depende fortemente da ligação entre as partículas que compõem o meio, e essas ligações são mais fortes em sólidos.

Agora que descobrimos que o som depende da movimentação das partículas que compõe o meio, entendemos porque as ondas sonoras não se propagam no vácuo: pois não existem partículas para vibrar e propagar energia.
Mas e o outro tipo de onda, como funciona?

ondas sonoras

 

Ondas eletromagnéticas

A condição das ondas eletromagnéticas é completamente diferente. Existe um fenômeno sensacional que quando um portador muito pequeno de carga elétrica oscila, por exemplo, gera campos elétricos e magnéticos ao seu redor que também oscilam.

Essa oscilação de campos elétricos e magnéticos faz com que outros portadores de carga à distância também oscilem e se propaguem como uma onda, carregando energia.

Essa propagação pode ocorrer em meios materiais, mas no vácuo se propaga mais rápido, pois quem oscila não são partículas, e sim características do espaço ao redor da carga. A luz, ondas de rádio, infravermelho e ultravioleta são alguns casos de ondas eletromagnéticas.

Legal, né? Agora se alguém falar sobre ondas você já pode contribuir com algumas informações extras. E se quiser aprender mais sobre eletromagnetismo e outras teorias da física, venha fazer uma visita ao Museu WEG. Estamos abertos de terça a domingo das 10h às 18h.

inventores

O que seria da Ciência sem os inventores!?

Feijão sem arroz, café sem leite, circo sem palhaço, vitrola sem som. Tem coisas que é difícil imaginar dissociadas. Pensa…

Feijão sem arroz, café sem leite, circo sem palhaço, vitrola sem som. Tem coisas que é difícil imaginar dissociadas. Pensa então o que seria da Ciência sem os inventores? Não tem sentido, não é mesmo? Afinal, a ciência é fonte de descobertas incríveis e de invenções revolucionárias.

Hoje, comemora-se o Dia do Inventor no Brasil. Mas você sabe o que é invenção? Por definição, ela é o ato de criar uma nova tecnologia, processo ou objeto, ou aperfeiçoá-los. É diferente de descoberta, situação em que um novo conhecimento pode ser adquirido ao acaso, sem um esforço direcionado.

Assim, o inventor é quem pesquisa. A invenção geralmente está ligada à resolução de um problema prático. É resultado de uma atividade tecnológica e a motivação costuma ser técnica.

inventores

Quer um exemplo prático?

A eletricidade foi uma das principais invenções da humanidade. Sua história começa no início do século VI a.c., na Grécia Antiga, quando o filósofo Thales de Mileto descobriu uma resina fóssil petrificada chamada âmbar, ou elektron em grego.

Ao esfregar sobre a pele e lã de animais, Thales observou que o âmbar atraía objetos leves como palhas e fragmentos de madeira. A partir daí, iniciaram os estudos sobre a eletrificação e eletricidade, resultando em incontáveis invenções que foram sendo aperfeiçoadas e estão presentes no nosso dia a dia.

Quer saber mais sobre eletricidade? Faça um tour virtual pelo nosso site e saiba o que te espera no Museu WEG.

feira-brasileira-iniciação-cientifica

Jaraguá sedia Feira Brasileira de Iniciação Científica

É muito bom ver iniciativas que estimulem a iniciação e a pesquisa científica, ainda mais ser for em nossa cidade….

É muito bom ver iniciativas que estimulem a iniciação e a pesquisa científica, ainda mais ser for em nossa cidade. Pois é justamente isso que vai acontecer a partir de hoje até sexta-feira, 6, no Parque Malwee, em Jaraguá do Sul.

A FEBIC – Feira Brasileira de Iniciação Científica é uma promoção do IBIC – Instituto Brasileiro de Iniciação Científica, com apoio do poder público e várias empresas, entre as quais a WEG e o Museu WEG. O evento pretende reunir centenas de estudantes do ensino fundamental ao superior que tiveram seus projetos selecionados.

Ano passado a cidade já havia sediado um evento parecido, na verdade dois em um. Foi a 1ª Feira Nacional de Iniciação Científica e a 5ª Feira de Iniciação Científica Antônio Ayroso, a Ficaa. A participação foi maciça, com 62 trabalhos selecionados de cinco Estados, na primeira iniciativa do gênero em Santa Catarina. Inclusive os vencedores foram até para feiras internacionais.

Agora, a expectativa é recriar um ambiente de integração e troca de experiências entre estudantes e professores. Um espaço para alunos apresentarem ideias criativas e inovadoras na forma de projetos científicos. Uma oportunidade para “experimentar” o fazer ciências”.

Com a iniciativa, a FEBIC também quer ser um agente na promoção da cultura científica, da experimentação, da disseminação e da popularização do conhecimento. Em outras palavras, instigar a criatividade, a inovação, o uso de novas tecnologias e o comportamento sustentável.

Ficou interessado? Acesse o site e confira toda a programação. Aproveite que o evento é gratuito e aberto a quem se interessar!

BLOG 19 04

Novas ações educativas no museu

Para continuar estimulando o conhecimento em torno de ciência e tecnologia, o Museu WEG ampliou o seu programa educacional com duas novas ações educativas.

Para continuar estimulando o conhecimento em torno de ciência e tecnologia, o Museu WEG ampliou o seu programa educacional com duas novas ações educativas, “Também sou cientista” e “Gerando e transformando energia”, direcionadas para alunos do 6º ao 9º do Ensino Fundamental e Médio. Ao todo, são sete opções de ações educativas para professores e alunos participarem.

Cada ação educativa é composta por uma temática, com conteúdo e ações específicas sobre o tema. Com uma dinâmica divertida, os alunos aprendem conceitos técnicos e práticos sobre ciência, integrando o assunto abordado na sala de aula.

Novidades

O programa “Também sou cientista” permite que os estudantes conheçam as histórias e descobertas dos cientistas, reconstruam suas experiências e aprendam a identificar onde essas técnicas são aplicadas no dia a dia.

Com a ação “Gerando e transformando energia” os estudantes podem aprender sobre os geradores e o sistema de funcionamento e claro, as diversas maneiras que promovem a transformação e a geração de energia.

Nas duas ações educativas são aplicadas as técnicas de cognição, metacognição, cooperação, sócio-afetiva e aprendizagem para a vida. As atividades possuem duas horas de duração.

Com o programa educacional, as ações se transformam em ferramentas de comunicação próxima entre escola e Museu WEG, transformando o espaço em um sistema de educação continuada para alunos e professores.

Como participar

Todas as ações educativas são gratuitas e incluem material de atividade e monitoria da equipe do museu. Para participar, o professor deve escolher a ação educativa e agendar um horário aqui. www.museuweg.net/contato/agendamento

Ainda não conhece o Museu WEG? Faça um tour virtual e prepare uma atividade educacional com seus alunos aqui.

Design sem nome(8)

Programa de Capacitação para Professores 2017

O Programa de Capacitação para Professores oportuniza o professor a conhecer as ações desenvolvidas no museu e quais os potenciais para tornar este momento uma extensão da sala de aula. Para participar da programação o Museu convida os Professores do ensino fundamental e médio das redes Municipais e Estaduais.

tela-ppt

O Museu WEG sempre realizou visitas guiadas para grupos, sendo em sua maioria grupos escolares. Desde sua reinauguração em 2014, passou a desenvolver e aplicar ações educativas voltadas para as escolas, com temáticas, programações e conteúdo específicos, a fim de dinamizar o processo de comunicação dos espaços do museu, tornando as estas ações em ferramentas educacionais, melhorando a comunicação entre museu x escola.  O Programa de Capacitação para Professores oportuniza o professor a conhecer as ações desenvolvidas no museu e quais os potenciais para tornar este espaço uma extensão da sala de aula. Para participar da programação o Museu convida os Professores do ensino fundamental e médio das redes Municipais e Estaduais.

Horários

O professor pode optar pelos três horários

08h00 as 11h00 (matutino)

13h30 as 16h30 (Vespertino)

18h00 as 21h00 (Noturno).

Módulos: Data
Módulo 1: Minha Cidade Sustentável 20/03/2017
Módulo 2: Fenômenos Eletromagnéticos 21/03/2017
Módulo 3: A Evolução das Máquinas e a Revolução Industrial 22/03/2017
Módulo 4: Montando um Motor Elétrico Didático 23/03/2017
Módulo 5: Histórias e Culturas de Jaraguá do Sul 24/03/2017
Módulo 6: Geradores, transformações e gerações de energia 27/03/2017
Módulo 7: Também sou cientista 28/03/2017

- Período para inscrições até 17/03/2017

Faça aqui sua Inscrição: https://goo.gl/forms/SsNnOtrsBR224udh2

Mais informações pelo telefone (47) 3276-4550 ou (47)3276 -4551

ferias-no-museu

Férias no Museu WEG de Ciência e Tecnologia

Crianças de 4 a 12 anos podem
aproveitar as férias com muita diversão,
conhecimento e aprendizado, participando
do 3º Programa Férias no Museu WEG de Ciência e Tecnologia.

Férias de verão no Museu WEG de Ciência e Tecnologia

O Museu WEG de Ciência e Tecnologia preparou uma programação especial para as férias escolares da criançada de Jaraguá do Sul e região. Entre os dias 25 de janeiro e 2 de fevereiro, crianças de 4 a 12 anos poderão se divertir com as brincadeiras, jogos e atividades educativas que o Museu preparou.

Para participar é só escolher uma das datas e horários sugeridos abaixo e fazer a inscrição pelo telefone: 3276-4550 ou por e-mail: museu@weg.net

A participação é totalmente gratuita.

Crianças de 4 a 7 anos:

25/01    Quarta-feira

01/02    Quarta-feira

Crianças de 8 a 12 anos:

24/01    Terça-feira

26/01    Quinta-feira

31/01    Terça-feira

02/02    Quinta-feira

Opções de horários:

Das 10h às 12h ou das 15h às 17h.

Programação das atividades:

  • Apresentar da história da WEG em forma de teatro
  • Conhecer as formas de energia
  • Brincar de gerar e transformar energia
  • Conhecer uma fábrica de fazer motores
  • Hora do Lanche
  • Conhecer os caminhos da WEG e de Jaraguá do Sul
  • Montar um museu
  • Circuito de concentração

O Museu WEG de Ciência e Tecnologia fica na Av. Getúlio Vargas, 667, no Centro de Jaraguá do Sul/SC.ferias-no-museu

palestra_blog_museuweg

No dia 16 de setembro, o Museu WEG de Ciência e Tecnologia, comemora seu 13º aniversário e para marcar a data, vai oferecer uma programação especial de palestras sobre “Energia Solar Fotovoltaica: soluções para o alto consumo” e uma exposição de placas solares.

Para participar da programação o Museu convida alunos dos cursos técnicos e superior, e demais interessados no tema. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até 12/09.  Inscrições encerradas!!

As palestras acontecerão no Museu WEG em horários alternados entre os dias 13 e 16 de setembro.

Confira a programação:

13/09 – 14h30 às 15h30 ou 19h às 20h

14/09 – 10h às 11h ou 19h às 20h

15/09 – 14h30 às 15h30 ou 19h às 20h

16/09 – 14h30 às 15h30

O Museu WEG de Ciência e Tecnologia é considerado um dos museus mais modernos, interativos e acessíveis do país e referência entre os museus de ciência e tecnologia do Brasil. Inaugurado originalmente em 2003, no prédio que abrigou a primeira fábrica da WEG, o Museu WEG passou por uma ampla reformulação em 2014, que incluiu a definição do novo foco em ciência e tecnologia e determinou uma reforma profunda das instalações e a renovação do acervo.

Aberto de terça a domingo, das 10h às 18h, com entrada gratuita, o espaço recebe grupos de estudantes, que participam de ações educativas especialmente desenvolvidas para cada turma, além de clientes e turistas de negócios que visitam as empresas da região.

Mais informações pelo telefone (47) 3276-4550

museuferias

Férias no Museu WEG de Ciência e Tecnologia

Você sabia, que se passarmos um balão muitas vezes nos cabelos este balão fica eletrizado!?
Aprenda isso e muito mais no programa de férias do museu.

Com o balão eletrizado você pode mover pequenos objetos de um lado para outro e até mesmo arrepiar os seus cabelos!

Como isso acontece?

Vocês já ouviram falar do princípio de que os opostos se atraem?

Se você esfregar um balão nos cabelos bem limpos e secos, causando bastante atrito, você poderá usá-la para atrair uma latinha de refrigerante vazia sem tocá-la.

O balão arranca algumas cargas negativas do cabelo, que são minúsculas partículas que não conseguimos ver, conhecidas como elétrons (-). Quando a gente aproxima o balão da latinha, esta latinha também estará cheia de cargas elétricas, acabamos atraindo as cargas positivas e com isso conseguimos puxar a latinha sem tocá-la.

Fonte: http://migre.me/ukwny

Fonte: http://migre.me/ukwny

Ficou interessado em saber como isso é possível e fazer você mesmo está experiência?

O museu está preparando especialmente para você uma série de atividades entre jogos e brincadeiras onde você poderá aprender muitas coisas novas, mas sem deixar de se divertir, pois, diversão não pode faltar nas férias, não é mesmo!?

As atividades acontecerão nos dias abaixo (vagas limitadas):

Crianças de 4 a 6 anos:

20/07 – quarta-feira

27/07 – quarta-feira

Crianças de 7 a 12 anos:

19/07 – Terça-feira

21/7 – Quinta-feira

26/07 – Terça-feia

28/07 – Quinta-feira

 Você pode escolher o horário: das 10h às 12h ou das 15h às 17h.

Peça para um adulto ligar ou enviar um e-mail para fazer sua inscrição. A participação é totalmente gratuita. Você não pode perder!

E-mail: museu@weg.net

Telefone: 3276-4550

Local: Museu WEG de Ciência e Tecnologia – Av. Getúlio Vargas, 667 – Centro.

Curta e fique por dentro das novidades: facebook.com/museuweg